quinta-feira, 14 de dezembro de 2006

Amor/Ódio



O Amor, o mais antigo e nobre sentimento, sobre o qual mais se tem escrito, musicado, cantado, representado… ao longo de todos os tempos.

Segundo a Bíblia foi dado à humanidade como o maior e melhor presente associado ao dom da vida. Esta insatisfeita criou o ódio que cultiva e apregoa com as guerras, a maldade e o egoísmo. Muitos dizem que o ódio nasceu do Amor, eu acho que o ódio nasceu do pecado do Homem.

O Amor tem sido vulgarizado, diminuído, escondido, modificado e por isso muitos deixaram de acreditar nele.

É urgente viver o Amor

É urgente sentir o Amor

É urgente testemunhar o Amor

É urgente divulgar o verdadeiro Amor


É urgente fazer renascer o Amor

Das cinzas onde se encontra.

Fazê-lo nascer de novo

Como Fénix de fogo.


É urgente devolver a dignidade ao Amor

Respeitando e apoiando todas as suas manifestações.

Construí-lo dia-a-dia à nossa volta

E provar aos descrentes que Ele existe.

2 comentários:

Sol disse...

Ai Amor, palavra tão curta em tamanho mas tão grande em significado. Por ti choram as mães pelos seus filhos, amantes entregam-se nos braços uns dos outros,através de ti fomos criados.
Tens sazão Lua é preciso viver o amor.

Eu amo-te

Ricardo disse...

O AMOR TRAZ O QUE É DE BOM E TONA NOSSAS VIDAS QUE ALGUM VALE APENA CONTINUAR A VIVER