sexta-feira, 4 de maio de 2007

Quisera eu…




Quisera eu ter:
uma caneta de tinta permanente
para pintar no sol, na lua,
nas estrelas, no céu, na terra,
na chuva, no fogo, no ar…

Quisera eu ter:
uma ave invisível
para me levar até ti para todo o lado
onde quer que vás, onde quer que estejas,
onde quer que fiques… para te mostrar:
o quanto te Amo.

Como só tenho caneta
Para te escrever e
Papel para voar.
Que o papel voe até ti
E as palavras te digam:
AMO-TE


07/01/03

1 comentário:

Sutra disse...

Bela declaração de amor :-)

Estou prestes a atingir o número mágico de visitantes ;-)

Beijo doce