segunda-feira, 23 de abril de 2007

Carta de Amor




Bom dia meu Amor!

Estou sozinho em casa, recordo momentos de amor, momentos de partilha, momentos de loucura, enfim momentos do teu lado. Recordo momentos de entrega total em que nos oferecemos um ao outro, momentos onde regras, espaço e tempo não existiram, momentos únicos que guardaremos para sempre no nosso coração como só nossos, momentos de felicidade plena que nunca ninguém nos poderá tirar, momentos tão nossos que vivem bem no fundo do nosso coração e se encontram cravados nas nossas almas, momentos tão nossos que nunca ninguém saberá que existiram e que ficarão perpetuados no tempo através do amor que demonstramos um pelo outro, uma amor tão forte que resiste a tudo o que se lhe opõem. Vem comigo construir o nosso futuro, vem comigo viver para sempre e perpetuar o nosso amor ao longo dos séculos, vem comigo ser feliz eternamente, vem comigo enfrentar todas as adversidades da vida, vem comigo e apoia-me nos bons e maus momentos, vem comigo dar exemplo de amor, vem comigo dar exemplo de entrega e felicidade, vem comigo ser um, vem comigo…
Saudade, palavra maldita, que atormentas os nossos dias, tornas enormes as nossas noites e povoas os nossos sonhos de recordações maravilhosas, torturas os nossos corações e desfazes as nossas almas, salgas nossas lágrimas e distorces nossos sorrisos. Quanto tempo mais, quanto tempo mais temos que esperar, os nossos melhores momentos parecem tão presentes que nos dão vontade de criar novas situações que possamos recordar para sempre. Recordações, vivo de recordações, sacio a saudade que sinto com tudo o que passamos juntos, com todos os sacrifícios que fazemos para estarmos juntos, recordo como tudo começou, como tudo evoluiu, todos os passos que demos e degraus que subimos na altura certa, duvidas e incertezas vividas, obstáculos superados e metas atingidas. Tudo isto me faz viver, me faz sentir vivo, desejado, amado, tudo isto dá sentido à minha existência. Preciso do teu carinho, do teu regaço, das tuas carícias, preciso de sentir o teu cheiro, de tocar a tua pele, preciso de saciar o beijo, de matar o desejo, o meu corpo, o meu coração e a minha mente precisam de ti.
Sabes que me fazes sentir muito bem, a tua presença na minha vida alegra todos os meus dias, fazes de mim uma pessoa melhor, fazes-me acreditar que posso ser melhor e ajudas-me a sê-lo, inspiraste em mim a confiança necessária para voar mais alto e mais longe, deste-me esperanças quando apenas via incerteza, abriste portas quando apenas via paredes a aproximarem-se tentando sufocar-me. Olhas-me com ternura, com carinho e proteges-me de todos os males que afligem o mundo, cuidas-me com dedicação e amor, consolas-me nos momentos de tristeza e de desilusão, fazes brilhar o sol com o teu sorriso quando nos dias escuros da minha existência a noite paira sobre a minha cabeça, fazes música com o teu sorriso, encandeias com a tua beleza e despertas desejos à muito escondidos só para mim, soltas todas as amarras que te prendem a regras, moralidades, princípios e és só minha, és só minha como ninguém nunca foi nem nunca será, és só minha por amor, és só minha por desejo, és só minha com dedicação e mestria. Dou-me a ti com amor, dou-me com submissão, dou-me com certeza, dou-me com compromisso, dou-me para sempre, dou-me por admiração, dou-me como presente que mereces por seres quem és, dou-me por teres esperado por mim, dou-me pelo nosso amor, dou-me todo. Sonho com o regresso e o reencontro, sorrio sem razão, sorrio espontaneamente, sorrio incondicionalmente pois sonho acordado com o dia em que voltarei para teus braços eternamente. Desejo, desejo ser teu para sempre, desejo dizer sim, desejo carregar-te pela porta dentro, desejo alegrar-me contigo, desejo mostrar a todos que o amor ainda existe, desejo dar provas de que o verdadeiro amor não desapareceu, desejo ser exemplo a seguir e modelo a imitar, tudo isto desejo do teu lado, desejo que o sejamos juntos.

Sol (2006)

Ainda hoje me emociono ao ler aquilo que me escreveste…és um homem fantástico e tens o dom da palavra, que possa eu fazer-te muito feliz como mereces.

2 comentários:

Rute Pinto disse...

muito bem. é bom ver que o amor ainda está no ar. e que ainda ha pessoas que se querem casar!
gosto de ler a dedicação que mantem um com o outro. ha quem pense que enjoa, mas o amor nao e para ser visto mas para ser sentido. Boa sorte para voces!

Eclipse com Amor disse...

Cada comentário é para nós uma alegria, por isso obrigada pela que nos proporcionaste.
Continuaremos a dar testemunho do nosso Amor pois esse é o objectivo último deste blog.
Um beijo grande para ti.