quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

Amar enquanto se fode e foder enquanto se Ama!!!


Boas minha gente, já lá vai algum tempo desde que venho cá escrever qualquer coisa, por isso cá estou eu de volta.
O título pode parecer um bocado estranho, mas é mesmo assim que eu sou por isso não se admirem.
Vamos lá então ao que interessa.
Para a maior parte das pessoas, pelo que tenho visto e ouvido na minha curta experiência de vida, o sexo é algo de banal. Quando falo de banal não estou a dizer que ele não deve ser discutido ou praticado nem que é tabu. A minha prespectiva de banal é ter perdido o seu significado de tanto que é praticado das formas mais estranhas, calma com isto, não quero dizer que tem de ser como na altura dos nossos avós, ou seja mulheres por baixo e homens por cima com a luz apagada, debaixo dos cobertores e com a roupa de dormir vestida. Quando falo e banal refiro-me à forma como somos bombardeados por sexo pelos meios de comunicação social e a forma desenfreada como se fornica a torto e a direito, com este/a ou aquele/a, sem sentimentos envolvidos, os famosos "one night stands" e "fuck friends". Na minha humilde opinião acho que o sexo só pode ser verdadeiramente apreciado com alguma maturidade, não creio que putos com 15 ou 16 anos que têm a sua primeira experiência sexual estejam a usufruir de tudo o que o sexo tem de bom para oferecer, para eles é a descoberta de novas sensações e para eles "foder é fixe" até porque um gajo depois pode-se ir gabar aos amigos e ela até pode dizer às amigas que estiveram juntos e foi "engraçado".
Meus amigos, o Amor é fantástico e para se "degustar" tudo o que o sexo tem para nos dar é preciso Amar e não só sentir um grande tesão pela outra pessoa ou uma vontade enorme de a "comer".
Aqui chegamos ao título desta minha postagem, para alguns pode ser contraditório o que afirmo e para outros pode ser que faça todo o sentido pois sentem o mesmo que eu. Quando se fala em "dar uma foda", normalmente é quando se "come" um gajo/a sem sequer querer nada com ele/a, sem Amor à mistura sem sentimentos é só prazer pelo prazer. Comigo isso não acontece, para mim fazer Amor com a minha Lua é Ama-la,é a minha forma de dizer que a desejo como mulher, que adoro o corpo dela, aquela cicatriz (ai como eu adoro a tua cicatriz minha Lua), que Amo com todas as suas perfeitas imperfeições. Amo-a enquanto a fodo pois concentro-me em dar-lhe prazer, tenho prazer em dar-lhe prazer, em sentir que ela se entrega a mim totalmente e que naquele momento não existe mais ninguém e nos esqueçemos do mundo, dos problemas e tudo se resume ao "nós". Fodo-a enquanto a Amo porque dá-me tesão ter prazer com ela e deliro com cada toque cada beijo cada olhar maroto, é fantástico. Com a minha Lua tenho tudo, tenho a mulher atraente que me deixa doido de desejo, a mulher inteligente que me consegue compreender e com quem posso passar horas na conversa sem esgotarmos assunto. A amiga/confidente que está sempre disposta a ouvir os meus medos, as minhas dúvidas, problemas e sonhos. Tenho a menina que me encanta com o seu sorriso verdadeiro e coração puro. Tenho a criança que adora andar de baloiço, brincar com puzzles e pisar as folhas secas do Outono (confesso que esta última sou sempre eu que proponho :-D). Tenho a mulher profissonal e competente de quem tanto me orgulho. Tenho a futura esposa e mãe dos meus filhos, que será sempre o meu porto de abrigo para onde posso fugir do mundo e esconder de todos. Tenho também a fodilhona que umas vezes adora comer-me, outras foder-me, e ainda Amar-me quando fazemos Amor.
Resumindo e concluindo tenho tudo numa pessoa só, o meu mundo gira em torno dela, no nosso caso é o Sol que gira em torno da Lua e não o contrário.

Não sei se me consegui expressar de uma forma conveniente mas faz-se o que se pode :-D.

E vocês acham possível Amar enquanto se fode e foder enquanto se Ama?

6 comentários:

Inês disse...

Eu aos 16 anos não era uma cirança, nem os meus amigos. Nessa idade sabemos muito, somos quase adultos. Cuidado com as generalizações, Sol. Tudo depende da educação que cada um recebeu e o meio onde se insere. Não se aplica aos "jovens do dia de hoje"(odeio esta expressão). É verdade que o sexo com 21 tem mais significado do que o que tinha com 16, mas ninguém se andava a gabar... Aos 16 anos já sabemos muito bem o que queremos (pelo menos as mulheres).

Sol disse...

Minha cara Inês não quis, nem quero generalizar, peço desculpa se dei a entender isso pois não era essa a minha intenção, tens toda a razão quando falas que a educação e meio influenciam as pessoas. Mas tal como disse esta é a minha "humilde opinião" e não é uma verdade inquestionável. Falo pela minha experiência, coisas que vi, que vejo, ouço e me contam. A tua realidade é bem diferente da minha por isso obrigado teres contribuido com ela. Já agora não respondeste à pergunta :-D diz lá de tua justiça.

Bons Eclipses,
Sol

penelope xxx disse...

Então não?! aiaiaiaiaiaiai.....

Anónimo disse...

foder è uma koisa normal! mas porque è k os pais de alguns portugueses nao deixao?kiss

Anónimo disse...

foder è uma koisa normal! mas porque è k os pais de alguns portugueses nao deixao?kiss

Anónimo disse...

Quria esprimentar foder ; mas meu pai proibiume. achao jussto ass gato com falta