quarta-feira, 4 de julho de 2007

Apeteces-me


Hoje vou chegar a casa e vais estar a dormir na nossa cama, depois de uma noite de trabalho.
Vou chegar sem fazer barulho e vou prepara-te um banho, vou encher a banheira de água quente, colocar pétalas de rosa na água e perfumar o ambiente com incenso e velas por toda a casa de banho.
Vou acordar-te com um beijo cheio de carinho e um sorriso cheio de felicidade.
Vais acordar cheia de olheiras e com o cabelo todo despenteado, mas com um bom dia ensonado com a voz ainda rouca e muito sexy por sinal, vais esperguiçar-te e revelar esse teu umbigo que me põe doido. Vou levar-te pela mão para a casa de banho e pelo caminho vou-te despindo e beijando cada parte do teu corpo que é revelada pelas minhas mãos, és linda. Chegados à porta da casa de banho sentes o cheiro do insenso e abres um sorriso. Desligo as luzes e coloco uma Mafalda Veiga no ipod para relaxar. Lentamente faço-te entrar na banheira e a tua pele arrepia-se toda com a diferença de temperatura e com o toque da minha língua no teu pescoço. Agora dispo-me desfaço-me de toda a roupa que trago revelando-me todo para ti, reparas que fiz a depilação e a tua língua passa pelos teus lábios em forma de provocação. Entro também na banheira e começo a lavar-te o cabelo, massajo-te a cabeça, libertando-te de todas as preocupações e stress, de seguida lavo todo o teu corpo deixando-te relaxada. Aproveitas a dica e lavas-me também, quando te dedicas ao meu pénis ele começa a crescer de excitação e como o ambiente já está quente começas a acaricia-lo e olhando-me nos olhos dizes "Amo-te Sol". Sorrio e beijamo-nos, tocamo-nos, roçamo-nos, excitamo-nos um ao outro e ficamos loucos de desejo. Saimos da banheira e enquanto te limpo com a toalha vou deliciando-me com as tuas mamas que já se encontram "contentes" por me ver, vou descendo... e passo para as tuas costas com a minha língua. Viro-te de frente e delicio-me com o teu umbigo e a tua cicatriz (ai como adoro a tua cicatriz), continuo a descer e passo a língua nas tuas virilhas e reparo que começas a escorrer o teu mel. Sento-te na beira da banheira, abro-te as pernas e mergulho no teu íntimo com a minha boca e língua, faço-te gemer, dou-te prazer, amo-te toda, sorvo todos os teus sucos e aprecio a beleza do teu ser todo entregue a mim, ao meu amor e ao meu desejo. Agarras-me a cabeça e beijas-me provando o teu sabor e dizes-me que queres retribuir e então "atiro-te" para o chão e inicio um 69 fantástico contigo dando e recebendo amor. Ficamos ambos loucos de desejo e queremos explodir de amor, mas eu não quero lá chegar já. Levo-te ao colo até à cama e pelo caminho trocamos um beijo de língua profundo e apaixonado, deito-te e deito-me a teu lado, beijamo-nos apaixonadamente e acariciamos os nossos sexos e nossos corpos numa dança de mãos e lábios que nos deixa desejosos de sermos um só. Viro-te de barriga para baixo e coloco-te duas almofada por baixo da anca (uma de cada lado), olho-te assim nua e disponível e digo-te que te amo e que serei teu para sempre. Coloco a minha cabeça entre as tuas pernas e sorvo a tua lubrificação ao mesmo tempo que vou acariciando o teu clitóris primeiro com um dedo e depois com a língua. Ficas louca de tesão e gritas "fode-me, fode-me toda, faz-me tua mulher". Lentamente coloco o meu pénis junto da entrada do teu ser e com um braço colocado entre as duas almofadas vou acariciando o teu clitóris e sinto a tua vagina a pulsar, a abrir-se e a querer receber-me. Lentamente vou penetrando, primeiro só a glande o que te faz gemer de prazer e fico assim alguns segundo sempre acariciando o teu clitóris. Continuo a acariciar-te e entro lentamente em ti, sentindo todo o teu calor e todo o teu desejo dizes-me ,entre gemidos e gritos de prazer, "amo-te meu anjo, sou tua para sempre". Penetro-te toda acaricio-te, beijo-te, amo-te e sentimos ambos que já não aguentamos mais e começamos a aumentar o ritmo das investidas e chegamos ambos à loucura com um grito dizendo "AMO-TE".
Fico dentro de ti e beijamo-nos acariciamo-nos e sentimos o nosso cheiro que nos deixa extasiados e com a certeza de que fomos feitos um para o outro. Ficamos assim como um só, e conversamos horas a fio nas nossas famosas conversas de almofada (adoro as nossas conversas de almofada que daqui a uns meses serão conversas de almo-foda lololol :-D ).
É como te digo Lua, hoje apeteces-me.

Bons eclipses para todos,
Sol

p.s. Digam lá se não tenho uma imaginação fértil?
O desejo aliado ao Amor faz despertar em nós a mais alta e viril veia da criatividade :-)

8 comentários:

Rute disse...

tens criatividade sim senhor..
e acho bem que os homens cuidem bem das suas mulheres..
afinal tb gostamos de ser mimadas :D

Eclipse com Amor disse...

Eu adoroooooooooooooooooo ser mimada!
Infelizmente tudo isto não passa ainda de ficção mas dentro em breve tudo isto e muito mais será verdade.

Bons eclipses
Lua

Rute disse...

quem e que nao gosta de o ser :)

Eclipse com Amor disse...

Acho que todas gostam de ser mimadas, infelizmente nem todas o são...

Bons eclipses
Lua

Sutra disse...

Lindo :-)
Gostei muito e sabes o curioso?... acho que muitos de nós temos algures um texto cujo título é «apeteces-me» :-)
Também tenho um escrito há algum tempo :-)

Bj doce para vocês

Eclipse com Amor disse...

É verdade sutra todos nós temos apetites que transparecemos para aquilo que passa a ser um bocadinho de nós - o nosso blog.
Só de vez em quando passamos para o papel esse "Apeteces-me" embora o apetite sempre lá esteja latente ou patente.

Um grande beijinho e obrigada pela visita

Lua

felino apaixonado disse...

uau achei que era verdade! viajei pensando na noite com meu felino... lindo eclipse

Eclipse com Amor disse...

Há-de ser verdade em breve, muito breve...
Ficamos contentes por contribuir para a tua "viagem" afinal o prazer de escrever e partilhar é tocar e emocionar quem lê.

Bons eclipses

Lua e Sol